segunda-feira, 23 de junho de 2008

Eu não 'tô legal / não suporto mais birita

A festa estava boa. Eu estava excitado e conversando com minha mulher. Nós provocávamos um ao outro. O assunto era a data em que ela me pediu em namoro. Mulheres puxam assuntos quando a pauta é forte. Eu descartei essa possibilidade e me encontrei no fetiche de falar da gente em uma reunião pública, sem ninguém nos ouvir. Só que em questões de ironias, a conversa evoluiu para o puro sarcasmo e logo depois descambou.


- Estávamos eu e você no carro. Aí você me pediu em...

- No carro?

- Sim, aí nós, enfim, não preciso contar o que aconteceu.

- Claro que precisa!

- Ué, você sabe, não preciso dizer.

- Fala logo!

- Era madrugada do dia 23, indo para o dia 24... Era aniversário de um amigo nosso e de lá nós fomos embora...

- Eu não lembro de nada disso. Aliás, achava que só tinha transado com você um tempão depois. Ah, eu hein, você parece até a alma feminina da relação.

- Porque?

- Lembrar desses detalhes todos. Eu nem lembrava de nada disso.

- Você está me irritando. Vamos parar, por favor.

- Mas é mesmo, você É a mulher da nossa relação. Ainda cozinha!

- Que idéia! Ora, fui eu que não transei com você naquele dia! A broxada é minha! É a única que eu tenho. E eu guardo com carinho.

- A única, sei...

- Ué, 'cê agora se lembra das coisas?


Nesse momento a festa já cochichava entre ponches e frios, fitando e olhando de lado. Eu já não estava mais excitado e nem mesmo conversando com minha mulher. Eu nem soube distinguir quem disse, resmungando:


- Aliás, ontem foi nosso aniversário de casamento.




5 comentários:

AnaRita disse...

Não agüento mais birita
errou a música

fica quereno colocar verbos cultos no diálogos de casal. suportar é quase operação de telemarketing agüentar é o coloquial que nem porre de festa e fim do tesão dialogal
:P

pit disse...

Não agüento mais birita

yuri disse...

eta, quanta birra. se fosse pra ficar igual eu colocava um "eu" também no segundo verso.

AnaRita disse...

mas nem tem eu, bobo

pit disse...

alguém não sabe nada sobre legião urbana, e não sou eu.