quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

De A a Zinco

tem que ser o guaraná jesus
"Guaraná Jesus", versão de Márcio Careqa para "Chocolate Jesus" de Tom Waits



Eu boto fé em todas as minhas vitaminas.
Mesmo quando a gripe ronda minha cabeça
fazendo uma moleza danada
transformando alegria e vontade em vítimas
não me resta opção senão deitar com as vitaminas.

E é só com elas que me relevo.
Se eu leio um livro e preciso buscar o dicionário
logo me esqueço do Aurélio
pois saco do bolso uma lista com o abcedário
e lá me consta, entre outras,
a Hidroxocobalamina
que me dá ânimo só pela forma que termina.

E eu tão acostumado com as Paroxítonas da minha vida.

4 comentários:

yuri disse...

Pronto, agora já (ter tempo) posso brincar um pouco no caco.

marianna disse...

Uma pena que certas palavras como Reveillón não sejam paroxítonas. Achei musical o poema, achei uma coisa muito gostosa.

best wishes.

AnaRita disse...

e tropeçou no céu como se fosse um pássaro

-as bulas são os melhores livros de auto-ajuda-

Jorge Landa disse...

Sinceramente eu vejo sua maneira de escrever como muito própria. Eu vejo isso aqui com ótimos olhos porque é imediato, mas é forte. Fica a dica a mim mesmo de prestar atenção nos outros escritos daqui. O que farei. Abraços.