domingo, 31 de agosto de 2008

Num canto

O ar entra, mas não supre
O que se foi não volta mais
Queria mesmo lhe dizer
palavras simples, muito tenras
Mas, infelizmente, o seu possível
é mergulhar no escuro e dividir planetas

Deixar morrer é a solução
Deixar morrer
não é a solução
Apodrecer ainda vivo
é ilegal e dá coceira

Do alto de Longe, alguém decretou
Alguém decretou, era março:
É proibido ficar longe
É obrigatório dar abraço

5 comentários:

Flávio A disse...

gostei muito da imagem do dividir planetas.

AnaRita disse...

as últimas rimas ficaram tão espontâneas com um frescor de canção que acontece de repente. Gostei, muito, lembrou thiago de Mello

pit disse...

apodrecer ainda vivo é ilegal.


é preciso anunciar isso na tv, alguns não sabem.

Yuri disse...

ótimos últimos versos. concluir bem é difícil.

Lili disse...

que bueno